Montis & Marca – A3.2

Final do período de candidatura a esta oferta: 1 de Março de 2019

A MONTIS é uma Organização Não Governamental de Ambiente sediada em Vouzela, criada em 2014, que tem por missão criar valor com a biodiversidade, através de uma gestão sustentável do património natural, participada, transparente e aberta a todos os interessados.

As atividades da associação centram-se na gestão ativa de terrenos que possui ou cuja custódia de gestão assegura, os quais abrangem atualmente mais de 150 ha, na sua maioria na zona Centro do país (concelhos de Vouzela, São Pedro do Sul e Arouca).

MARCA

No âmbito da ação A.5 do projeto VOLUNTEER ESCAPES – Volunteer with European Solidarity Corps for Activities in Portugal with Ecological Sense, estamos à procura de voluntários para:

  • apoiar a atividade regular de um viveiro de plantas autóctones, incluindo a operacionalização de atividades com diversos públicos;

  • executar atividades de erradicação e controlo de plantas invasoras e a reabilitação desses local através da plantação de espécies nativas, bem como atividades de reabilitação de cursos de água, através da implementação de técnicas de engenharia natural.

Estas atividades de voluntariado decorrem na sede e no viveiro da Marca ADL, nas encostas do Castelo de Montemor-o-Novo, na ecopista do montado e nos sítios de interesse comunitário da Rede Natura 2000 (SIC Monfurado e SIC Cabrela). Podendo decorrer também em escolas e noutros contextos informais para a divulgação de atividades e do projeto.

Desta forma, o voluntário fará parte de uma pequena equipa e estará em contacto com outros voluntários nacionais e internacionais. As atividades decorrem em dias de semana, podendo pontualmente decorrer os fim-de-semana.

Principais Tarefas/Atividades:

MONTIS:

  • Atividades de escritório (por exemplo nas áreas da comunicação, estão de dados, definição de soluções de gestão, entre outros);

  • Apoio a trabalho de campo relacionado com as necessidades de conservação das propriedades geridas (incluindo por exemplo a aplicação de soluções de engenharia natural, controlo de espécies invasoras, reabilitação e restauro de habitats ripícolas e florestais, plantações e sementeiras de espécies autóctones, condução da regeneração natural, entre outros).

MARCA:

  • Atividade operacional de viveiro, manutenção do espaço e trabalhos de propagação de espécies autóctones;

  • Trabalhos de controlo de plantas exóticas invasoras e plantação/restauro das áreas intervencionadas;

  • Trabalhos de regeneração de áreas protegidas através de plantação de espécies autóctones e implementação de técnicas de engenharia Natural;

  • Atividades de educação ambiental e de voluntariado da Marca ADL;

  • Participação em atividades de divulgação do voluntariado como uma experiência do ESC volunteers, em escolas (por exemplo na escola secundária de Montemor-o-Novo) e noutros contextos informais;

  • Participação em eventos, encontros ou feiras de divulgação de atividades da MARCA ADL e do projeto.

Condições da oferta em causa:

  • Início do período de voluntariado: 11 de Março de 2019;

  • Fim do período de voluntariado: 11 de Julho de 2019;

  • Duração do voluntariado: 4 meses (os primeiros 2 meses serão passados com a MARCA e os restantes 2 meses serão com a MONTIS).

Final do período de candidatura a esta oferta: 1 de Março de 2019.

Com apoio do projeto LIFE VOLUNTEER ESCAPES, a MONTIS disponibilizará a todos os voluntários do Corpo Europeu de Solidariedade:

  • Acompanhamento/orientação por um tutor específico, designado no Acordo de Voluntariado;

  • Formação teórico-prática nas atividades a executar;

  • Seguros legalmente obrigatórios;

  • Alojamento, o voluntário ficará sediado num apartamento partilhado com outros voluntários ESC, no entanto, caso necessário será cedida acomodação noutras casas ou campismo.

  • Uma ajuda de custo, para alimentação de 15€ por dia de voluntariado

  • Reembolso de despesas de viagem entre a residência e o local de acolhimento (uma ida e uma vinda, por voluntário e período de voluntariado), até ao limite dos custos unitários reembolsáveis, conforme montantes definidos pelo Corpo Europeu de Solidariedade.

Com apoio do projeto LIFE VOLUNTEER ESCAPES, a MARCA disponibilizará a todos os voluntários do Corpo Europeu de Solidariedade:

  • Seguro: A Marca ADL providência o seguro de acidentes de trabalho ao longo de todo o período de voluntariado, como requerido legalmente;

  • Deslocação da/para residência: ao voluntário será concedida uma verba de 20 euros (de acordo com a tabela em vigor) para deslocação 1 ida residência/ local de onde decorre o voluntariado e o regresso no final do período de voluntariado. Outras deslocações à residência não serão suportadas pelo projeto. Deslocações no âmbito do trabalho de voluntariado serão asseguradas pela associação;

  • Alojamento/alimentação: um subsídio diário de 20 euros (21 dias/mês) será concedido ao voluntário, como previsto no acordo de subvenção;

  • Será dada formação on-job relativamente à propagação de flora autóctone (técnicas de viveirismo), técnicas de erradicação de flora exótica invasora, implementação de técnicas de engenharia natural na reabilitação de cursos de água e possivelmente outras que sejam pertinentes, promovidas ou não pela organização;

  • No final do período de voluntariado, será emitido um certificado de participação e de aquisição de competências.